A maior empresa estatal do Estado, voltada para tratamento de água e esgotos, contratou a Moked para definir sua Política de Segurança visando a proteção das suas instalações físicas. Tratando em milhares de instalações, primeiramente tipificamos as mesmas para grupos, considerando a atividade fim de cada, conteúdo e tamanho. A segunda etapa foi Análise de Risco que considerou a vulnerabilidade de cada instalação e o impacto em caso de uma ameaça se concretizar. No final do trabalho, conseguimos estabelecer uma nova Política de Segurança de Instalações onde integramos Porteiros e Recepcionistas, Vigilantes e Apoio Móvel, Segurança Física e Eletrônica, Supervisão e Monitoramento externo com rígidas Normas Operacionais e indicadores de performances. Parte fundamental de nossa nova política sugerida para esta empresa foi a importância na conservação ambiental, paisagismo e iluminação para a redução de índices de criminalidade e perdas. Outra sugestão foi a importância do Gerente da planta ser o responsável pela Segurança da instalação e não “terceirizar” para o departamento de segurança da companhia. O resultado foi redução significativa nos custos e nas ocorrências, contribuindo para tranquilidade dos profissionais no local e para a produtividade da empresa.


A maior distribuidora de eletricidade no interior do Estado contratou a Moked para projetar sua nova sede empresarial. Após profunda análise da sua rotina e pesquisas de expectativas, elaboramos a concepção do empreendimento e partimos para analisar variedade de terrenos sugeridos, verificando vias de acesso, índices de criminalidade, etc. Conforme nossa análise a empresa comprou o terreno e junto com a construção acompanhamos a implantação de nosso projeto até sua “aceitação definitiva”. O resultado é um empreendimento moderno e protegido em um ambiente moderno e agradável.


Uma das maiores empresas na área de sistemas bancários sofreu de furtos repetidos de laptops dentro do seu escritório, localizado em uma edificação complexa. Fomos contratados para analisar furtos de 11 laptops e após o primeiro levantamento, descobrimos que, pela falta de registro e procedimentos adequados, a quantidade real de laptops furtados era 27 e também descobrimos furto de cartuchos tintas para impressoras em grandes volumes. Apresentando as variedades de metodologias investigativas para o Presidente da empresa, o mesmo, preocupado com o clima institucional e a imagem da sua empresa não autorizou entrevistas com os colaboradores e proibiu a instalação de câmeras escondidas na área de trabalho. Considerando a Política da empresa a Moked elaborou uma discreta análise das ocorrências, usando a simples matriz dos 5W e 1H e elaborando o Mapa das Ocorrências. Cruzando dados de todas as pessoas, o Bombeiro Civil (brigadista) foi destacado como “suspeito principal” e após sua discreta saída não tivemos mais ocorrências de furtos deste tipo. Pelo fato que não tivemos provas reais – negociamos com a empresa fornecedora do serviço do Bombeiro Civil que aceitou assumir parte das perdas de nosso cliente.


Um dos bancos nacionais foi vendido para um banco estrangeiro, fato que gerou mudanças na alta direção da instituição e tensão interpessoal. O novo V.P. de Administração acumulou denúncias anônimas de corrupção e fraudes na gestão interna. O banco contratou a Moked para analisar os casos, afirmar ou descartar as denúncias. A Moked analisou os fatos e baseado no relatório, a Diretoria do Banco demitiu as pessoas responsáveis e com a implantação de novos procedimentos sugeridos pela Moked conseguiu prevenir novas ocorrências.


Uma indústria especializada em automação bancária sofreu de atos ilícitos de parte dos seus profissionais que prejudicaram seus principais clientes - os maiores bancos do Brasil - e contratou a Moked após a denúncia oficial das vítimas às autoridades. Trabalhando junto com as autoridades e as inspetorias dos bancos, a Moked aplicou ações preventivas e corretivas que agilizaram a finalização do processo legal de maneira discreta, mantendo em sigilo o nome de nosso cliente evitando prejudicar sua imagem na mídia (na época, o caso foi grande destaque nos jornais).


Uma das maiores indústrias fonográficas do mundo com fábrica no Brasil, vítima da generalização da pirataria, foi também vítima de venda ilegal de produtos furtados e copiados antes do seu lançamento oficial, prejudicando assim seus negócios rescindindo contratos com as gravadoras. A Moked foi contratada para proteger a produção de lançamento de um DVD que os bandidos já começaram a pré-venda antes mesmo da sua produção. Após estabelecer a concepção do sistema de segurança implantamos novos procedimentos visando o controle da produção e focalização no produto final. Nossa equipe se estabeleceu na fábrica e fiscalizou a produção. Além de conseguir proteger 100% da produção, ou seja, não sumiu nenhuma unidade, nossa operação gerou um recorde na redução de perdas da produção em geral e o estabelecimento de novos indicadores de performances.


Uma indústria de grande porte contratou a Moked para analisar suspeita sobre um dos seus empregados no departamento comercial. O primeiro sinal suspeito foi quando descobrimos que o vendedor apresentou um comportamento ostensivo - incompatível com seu salário. Na época a empresa implantou um sistema de gestão integrada (SAP) que teoricamente deveria eliminar possíveis fraudes e que também não indicou sobre qualquer irregularidade, mas analisando as quantidades e os preços cobrados, verificamos que o vendedor atendia quase exclusivamente um dos maiores representantes regionais da empresa. A descoberta que o vendedor tinha amizade e relações sociais com o representante contribuiu para reforçar a suspeita. Pela falta de provas pedimos para falar com o vendedor que durante a conversa admitiu uma fraude e cooperou entregando as provas e também contribuindo na correção das falhas do SAP. Com as provas que apresentamos o contrato com o representante foi rescindido com justa causa e, para não denunciar o caso, o representante comercial renunciou a um crédito que tinha na empresa cujo valor foi maior que meio milhão de reais.


Uma das maiores administradoras do Brasil foi vítima quando um cheque de dezenas de reais direcionado para pagamento de INSS dos seus clientes foi extraviado e depositado em uma conta de pessoa física. A Moked, que presta serviços de consultoria permanente para este cliente, conseguiu rastrear todo o processo, inclusive os dados falsos e a foto real da pessoa que sacou a quantia depositada. Apesar de que identificou descumprimento das normas de controle no departamento financeiro do seu cliente, pela negligência na gestão dos seus riscos comerciais-profissionais, indicou como culpado o banco emissor que negou qualquer responsabilidade. Após apresentar as provas obtidas o banco aceitou restituir o valor total, ainda reajustado, dando continuidade no processo legal.


O Gerente Predial de um condomínio comercial de alto padrão e cliente da Moked errou quando inseriu um zero a mais em um TED depositado na conta de um fornecedor, não habilitado pela Moked. Tentando receber a quantia de volta, o banco recusou, alegando que a conta estava em dívida maior. O fornecedor foi uma empresa falida de automação predial e a Moked foi acionada para coordenar a crise. Imediatamente verificamos no deposito da empresa várias medidores usando em sistemas de Automação Predial que podem servir para recuperar o valor depositado indevidamente. Após negociação conseguimos a instalação dos medidores no prédio e a verba perdida foi transferida para a melhoria do empreendimento, sem que os proprietários conhecessem a causa evitando assim danos da imagem de nosso cliente.


Uma das maiores corretoras mundiais representada no Brasil coordenou a venda de um grande empreendimento no RJ de propriedade de um famoso Banco americano. Durante o processo, a empresa recebeu e-mails anônimos ameaçando sabotar a venda, alegando que nosso cliente aplicou procedimentos não éticos na venda e que iriam entrar em contato com os controladores americanos para anular a venda. Com pânico geral na Diretoria trouxemos resultados em menos de 24hs. Foi fácil rastrear o e-mail e descobrir o remetente e nos apresentamos como a Auditoria Interna da empresa e identificamos um corretor de imóveis que se sentiu lesado quando a venda foi concretizada pelo nosso cliente.


Após utilizar policiais na sua segurança, o executivo da área Farmacêutica enfrentou dificuldade com a segurança pessoal da sua família, como faltas e atrasos para o serviço, turn-over grande sem seu conhecimento e prévia aprovação, atitudes desagradáveis na rua, no seu dia-dia, etc.
A Moked elaborou um Diagnóstico V.I.P., analisou a sua rotina, locais fixos e itinerários, realizou Tik Shetach para cada local, planejou o sistema adequado para a proteção e após aprovação do cliente gerenciou, treinou e acompanhou o início do trabalho dos agentes contratados através de uma empresa de segurança especializada. Este trabalho gerou redução de custo significativo, satisfação do cliente e segurança real para sua família.


Uma empresa em expansão realizou planejamento e cotação de segurança para sua área nova. Após a apresentação das propostas dos fornecedores a diretoria não sabia como proceder, pois todos apresentavam seu melhor projeto, mas diferentes, sem condições para comparar e definir o sistema a ser implantado no local.
A Moked foi contratada para apoiar o processo de aquisição, mas na realidade elaboramos novo Projeto e lançamos a Carta Convite padrão, facilitando assim a comparação dos fornecedores e a tomada de decisão da diretoria. O resultado superou as expectativas do cliente e a partir desta data, a Moked é contrada para aprovar cada compra na área de segurança, sempre garantindo a melhor relação Custo x Beneficio para o cliente.


Uma administradora de condomínio de alto padrão recebeu reclamações dos condôminos, onde os mesmos investiram em benefícios e treinamentos para os profissionais da segurança, mas acabaram tendo turn-over de pessoas sem controle e/ou aprovação, pois a empresa de segurança aproveitou este investimento para treinar seus próprios funcionários.
A Moked foi contratada para regularizar a situação e com a aplicação de padrões de gestão de contratos de terceiros, conseguimos estabelecer a equipe e a tranqüilidade dos moradores. A Moked continua prestando serviços para este condomínio realizando mensalmente o Diagnostico nível I.


O maior empreendimento comercial de São Paulo manteve sistema de segurança composto de 80 postos de vigilantes. Avaliando de maneira rotineira as performances dos fornecedores de nossos clientes, verificamos que a empresa de segurança, fornecedora do serviço no empreendimento, na época uma das maiores empresas de São Paulo, pagava corretamente nos postos de trabalho, mas apresentava dificuldade em pagar os salários da sua equipe administrativa. Isto foi um fator alarmante e imediatamente começamos com procedimentos discretos para a troca desta empresa. Algumas semanas após esta troca, recebemos a informação que a empresa havia falido, deixando vigilantes nos postos dos seus muitos clientes sem receber. Estas empresas, embora já pago pelo serviço (a última NF foi compensada). Contrataram outra empresa de segurança, foram obrigadas a pagar os vigilantes da empresa falida, os salários e os encargos sociais.

Nossos Clientes